(11) .
    • 09 SET 15
    • 0
    Afghan Hound, um cão aristocrata (Matéria na Coluna da Dra. Fernanda do Hospital Veterinário Sena Madureira na Revista Época).Cão da raça Afghan Hound (Foto: thinkstockphotos)

    Considerado um cão de grande porte, a raça é dócil com crianças e bastante sociável.


    O Afghan Hound é uma raça muito antiga descrita em papiros e ilustrações desde o tempo dos faraós no antigo Egito. Tempos depois, a raça se instalou no norte do Afeganistão onde se desenvolveu e se aperfeiçoou. Devido ao clima da região, onde o inverno é rigoroso e o verão muito quente, esta raça manteve uma pelagem compacta, sedosa, de textura fina que cobre todo o corpo de forma a se adaptar facilmente a temperaturas extremas. Inicialmente, era usado para caça por causa da excelente visão, grande velocidade e capacidade para saltos características-chave para alcançar lebres, leopardos, gazelas e coelhos selvagens.

    Durante séculos, a raça ficou isolada nas montanhas afegãs e foi levada para a Inglaterra durante a primeira metade do século 20 quando se tornou sinônimo de luxo e glamour, ganhando popularidade em exposições. A partir de 1970, tornou-se ainda mais conhecido em todo o mundo.

    No cinema e na TV, os cães da raça Afghan Hound também tiveram seu espaço ao longo da história. Personagens caninos desta raça estiveram em cena em filmes da Disney como A dama e o vagabundo 2 e 101 dálmatas além de novelas como Ciranda de pedra, da Rede Globo (2008).

    De aparência nobre, forte e elegante, foram companheiros de príncipes e soberanos durante séculos. Digno e distante, o Afghan é um aristocrata entre os cães. A sua pelagem longa e sedosa, cresce gradativamente e atinge o tamanho final por volta dos 3 ou 4 anos.

    De temperamento reservado e tímido, é uma raça que se adapta muito bem à vida dentro de casa. Costuma ser dócil com crianças e é bastante sociável. Às vezes, podem se mostrar distantes e teimosos. Alguns dizem que seu temperamento se assemelha a um gato devido a sua natureza independente. Necessita de disciplina, mas com um líder calmo e gentil.

    Para a manutenção da saúde e bem estar, seu pelo deve ser cuidadosamente escovado, a alimentação deve ser fracionada em no mínimo 3 porções ao longo do dia e a prática de atividade física é imprescindível. O Afghan gosta de correr em um ritmo acelerado, mesmo que em pequenas áreas. A falta de atividade física pode deixá-lo irritado, arredio e  recluso .

    A expectativa de vida da raça gira entorno dos 12 a 14 anos em média. Considerado um cão de grande porte, alcança estatura de 63 a 74 cm.

    Problemas ortopédicos, como displasia coxofemoral; oftalmológicos, como catarata; e neurológicos, como a mielopatia necrótica, podem ser vistos com mais frequência nesta raça. Existe uma sensibilidade maior a anestésicos barbitúricos, que deve ser levada em conta para evitar lesões e reações adversas. Convive bem com outros cães, sendo uma preferência da raça ter uma companhia da mesma espécie, o que os torna mais participativos quando comparado àqueles que vivem sozinhos. Adora relaxar e cochilar em um local macio e sereno, mas está sempre disposto a acompanhar o dono em atividades e pratica de exercícios.

    Deixe um comentário →