(11) .
    • 27 NOV 14
    • 0
    Cuidados na hora do parto dos pets (Matéria na Coluna do Dr. Mário Marcondes do Hospital Veterinário Sena Madureira na Revista Meu Pet)Cadela com sua ninhada (Foto: Shutterstock)

    Embora o parto dos pets seja mais simples que o dos humanos, são necessários alguns cuidados!


    Sabemos que a hora mais esperada da família é a chegada de um bebê. E o mesmo ocorre no mundo animal! Mesmo porque, neste caso, em geral, a casa recebe muitos filhotes de uma só vez. O mais importante quando se tem uma fêmea prenhe é ter um acompanhamento veterinário durante todo o pré-natal. A cadela deve ser submetida a exames e ultrassonografia, para estimar a idade gestacional, batimentos cardíacos dos fetos e sua viabilidade.

    Nascimento dos filhotes

    A família deve estar atenta a sinais de alteração de comportamento da fêmea que podem indicar que o parto se aproxima, como a diminuição do apetite, a procura por um local para se aninhar ou mesmo mudanças na temperatura do corpo. Atualmente, muitas pessoas optam pelo parto veterinário no ambiente hospitalar, assim como na medicina humana, aumentando a segurança do procedimento. Mas se o trabalho de parto iniciar-se em casa, é importante escolher um local adequado e limpo, com uma caminha. O ambiente deve estar quente porque os filhotes quando nascem não conseguem controlar a temperatura do corpo.

    No momento do parto, o dono não deve interferir no processo sem necessidade. Por instinto, a cadela limpa os filhotes lambendo-os. Esse ato é essencial, pois estimula o animal a respirar e também auxilia no controle da temperatura. Os donos pode retirar a placenta com ajuda de uma luva e um papel-toalha ou uma gaze estéril e alocar os filhotes na caminha, massageando-os como estímulo para mamar e respirar. No intervalo entre o intervalo de um nascimento e outro, deve-se colocar o bebê para mamar. Já se houver um espaço de tempo superior a 40 minutos entre o nascimento de um filhote e outro (com a fêmea ainda mostrando estarc om contrações), deve-se direcioná-la a um hospital veterinário para que seja realizada a avaliação.

    Deixe um comentário →