(11) .
    • 18 NOV 14
    • 0
    Devemos tosar o pelo dos pets no verão?  (Matéria na Coluna da Dra. Fernanda do Hospital Veterinário Sena Madureira na Revista Época).Cães da raça Poodle, por exemplo, se beneficiam muito com a tosa nesta época do ano (Foto: David Ramos/Getty Images)

    Conforme a temperatura sobe, indicando que o verão se aproxima, é chegada a hora de livrarmos os pets das longas madeixas, proporcionando maior leveza e conforto para os dias que estão por vir. Animais originários de países de clima frio sofrem mais com o calor e necessitam de cuidados especiais. A tosa facilita bastante a execução e a manutenção da higiene do pet, além de ter um efeito estético, desejado em muitas raças.

    Nessa época do ano, os bichos passeiam mais, viajam, se molham e acabam se sujando mais, o que pode causar mau-cheiro e dermatites. Mas cuidado, algumas raças com pelame denso como o Husky Siberiano não devem ser tosadas, pois correm o risco de apresentar alopecia pós-tosa, que é a demora no crescimento do pelo em determinadas áreas tosadas. A causa é desconhecida, mas felizmente esta é uma condição temporária, podendo se normalizar em 6 meses.

    Os cães de pelo curto também não devem ser tosados, pois trocam de pelagem para melhor se adaptarem às estações do ano e, no verão, perdem pelo para sentir menos calor. Cães das raças Poodle, Lhasa Apso, Shih Tzu, Schnauzer, Maltês, Cocker e Yorkshire, além dos gatos da raça Persa, por exemplo, se beneficiam muito com a tosa nesta época do ano.

    Cada raça tem sua particularidade e um modelo estético a ser seguido, ou desejado, mas não raramente vemos inovações e estilos diferentes que agradam alguns mais ou menos que a outros. Mas atenção. Apesar de proporcionar conforto, somente a tosa não é eficiente para aliviar o calor de seu pet que, tosado ou não, deve ter um local sombreado para se proteger do sol, com brisa e água fresca, pois a troca de calor ocorre principalmente através da ofegação e não pela pele como nós. Por isso, ao ver um animal com a língua de fora, nem sempre é um sinal de cansaço, ele pode estar tentando equilibrar a temperatura do corpo.

    Deixe um comentário →