(11) .
    • 20 NOV 14
    • 1
    Hospital Veterinário Sena Madureira orienta sobre cuidados com a água para os pets na Revista Veja SP

    Seis cuidados importantes com a água dos cachorros


    Nunca o tema da água esteve tão em voga na cidade. Aproveitando esse momento, o blog pediu que a veterinária Priscila Luzia Fragoso Quaresma de Moura, do Hospital Veterinário Sena Madureira, desse dicas de como manter a água de seu cãozinho saudável. Confira:

    Manutenção: o mais indicado é trocar a água do pet duas ou três vezes ao dia para mantê-la sempre fresca, em especial em datas quentes. No calor, dá até para colocar pedras de gelo no líquido.

    Recipiente: não existe um tipo de pote ou material ideal. O cuidado maior nesse sentido se dá em relação à higiene que os proprietários devem ter com o recipiente, seja ele de plástico, ferro ou vidro.

    Influências externas: quando os potes de água ficam expostos em áreas abertas, é possível que recebam a visita de passarinhos. Nesse caso, não há problemas quando se tratam de espécies urbanas, como pardais. No entanto, caso seja percebida a presença de pombos, indica-se mudar o recipiente de lugar, pois eles podem transmitir doenças para o cão através de carrapatos e fungos.

    st02

    Qualidade: da mesma forma como evitamos tomar água da torneira, é ideal fazer o mesmo com os animais de estimação. Em tempos do volume morto vindo das represas, vale ficar ligado em contaminações que trazem problemas como a gastroenterite, responsável por causar vômito e diarreia.

    Ambiente: evite deixar o pote de água exposto ao sol e coloque-o longe de espaços com mosquitos. Prefira lugares em que a água permaneça fresca por mais tempo.

    BÔNUS: para deixar seu mascote mais animado e saudável, a água de coco se mostra uma ótima fonte de hidratação. Os sais minerais do líquido ajudam a evitar desidratações. Além disso, nunca se esqueça de levar uma garrafinha de água quando sair com seu amigo para passear.

    Deixe um comentário →