(11) .
    • 15 JAN 15
    • 0
    Meu pet teve o olho arranhado (Matéria na Coluna do Dr. Mário Marcondes do Hospital Veterinário Sena Madureira na Revista Meu Pet)Olho arranhado (Foto: Shutterstock)

    Lesões oculares podem até causar cegueira em seu cão ou gato. Fique alerta e saiba o que fazer, caso seu bichinho tenha arranhado o olho!


    Entre as raças que possuem olhos mais saltados, como Lhasa Apso e Pug, no caso de cães, ou o gato Persa, pode haver uma maior incidência de traumas e lesões na vista. Isso porque os olhos desses animais ficam mais expostos e, portanto, com maior risco de serem atingidos em caso de acidente. Os problemas vão desde arranhões, causando vermelhidão, até lesões mais graves como a úlcera de córnea, que nada mais é que uma erosão no globo ocular, como um machucado, podendo acarretar diversos sintomas, desde coceira até muita dor, inchaço, dificuldade para abrir os olhos, bem como o lacrimejamento.

    Como agir de imediato?

    No caso de acidente, atropelamento ou briga, os animais podem até sofrer exoftalmia (saída do globo ocular de sua cavidade), que é uma emergência veterinária. Nessa situação, deve-se embeber uma gaze estéril com água fria filtrada e colocar sobre o olho para mantê-lo úmido e com uma leve pressão para estancar uma possível hemorragia, além de procurar um serviço de urgência imediatamente. Na hipótese de sangramento por traumas e lacerações da pálpebra, lave a região com água fria e corrente. Feita a lavagem, pressione delicadamente o local com uma gaze estéril seca para tentar estancar o sangramento durante o caminho até o veterinário.

    Em geral, o principal indício de diminuição da visão é o animal de estimação esbarrar em objetos a que está acostumado dentro de casa, como uma mesa, sofá ou até mesmo na parede, por exemplo. O melhor é apostar na prevenção e ter o cuidado de observar se existem locais, plantas espinhosas ou objetos pontiagudos em que o peludo possa esbarrar e, assim, lesionar os olhos. Portanto, manter o ambiente livre desses e demais perigos e evitar que seu pet se envolva em brigas é fundamental.

    Deixe um comentário →