(11) .
    • 17 OUT 14
    • 2
    Meu pet tomou um choque elétrico (Matéria na Coluna do Dr. Mário Marcondes do Hospital Veterinário Sena Madureira na Revista Meu Pet)Texto: Mário Marcondes | Foto: Shutterstock/Divulgação

    Esse tipo de acidente pode ser muito perigoso e deve ser evitado, aprenda como:


    Um dos acidentes domésticos mais comum com cães e gatos é o choque elétrico. Em geral, o animal acaba sofrendo uma descarga ao brincar e/ou roer um fio de eletricidade. Dependendo da intensidade da corrente, o animal pode sofrer graves queimaduras na boca e até arritmia cardíaca. Outro sintoma que podemos observar é a falta de ar decorrente de um edema pulmonar (acúmulo de líquido no pulmão) desencadeado pelo trauma.

    E o que fazer?

    Quando observar um animal com os sintomas citados, verifique na casa se existe algum local com fios expostos e roídos. Esse é um dado importante para o veterinário que vai atender o animal, pois muitas vezes o dono não presencia o choque na hora. Se o bicho apresentar lesões na boca, lave a região com água corrente fria, sem friccionar, apenas utilizando a corrente de água no local afetado. Isso fará com que a temperatura da região diminua e o tecido sofra menos dano, além de evitar infecções. Feito isso, leve o animal ao pronto-socorro mais próximo. Já se o pet estiver parecendo que está com falta de ar, mantenha a cabeça e o pescoço esticados durante o transporte para facilitar a respiração até chegar ao hospital veterinário. No local, será necessária uma suplementação de oxigênio. Além disso, garante que o especialista aplique algumas medicações para estabilizar a falta de ar, diminuir a dor, a inflamação e, obviamente, evitar infecção.

    Prevenção essencial

    Para evitar esse susto que pode causar problemas mais graves, é realmente importante agir na prevenção dos acidentes domésticos. Uma medida fácil é acondicionar a fiação em dutos embutidos na parede. Outradica é utilizar protetores de fios, além de mantê-los em locais de difícil acesso aos animais. Os protetores infantis de tomadas também podem e devem ser usados e uma mudança na disposição dos móveis também é uma opção.

    Deixe um comentário →