(11) .
    • 03 MAR 14
    • 0
    Seu pet é folião ou caseiro? (Matéria na Coluna da Dra. Fernanda do Hospital Veterinário Sena Madureira na Revista Época).

    Pense nisto antes de levá-lo pra pular o Carnaval


    Carnaval é tempo de festa, alegria, música alta e de abusar na fantasia. Se o seu pet é do tipo sociável que adora uma farra, ou é daqueles que adora se exibir, este é o momento.

    Mas cuidado para que a festa não acabe em preocupação. Evite que seu bichinho exagere na folia e passe a quarta-feira de cinzas de “ressaca” devido aos excessos destes dias.

    Para que tudo corra bem, seguem algumas dicas preciosas:

    - Use a criatividade na fantasia, mas não exagere nos adereços para que seu amigo não sofra com o calor e não se machuque.

    - Exagere na água fresca deixando sempre a disposição.

    - Não fuja da dieta habitual! Ofereça somente a ração. Petiscos só os específicos para animais e em pequena quantidade.

    - Pintar os pelos pode dar um toque especial a fantasia, mas certifique-se que o produto é indicado para cães e gatos. Faça um teste aplicando um pouco do produto em uma pequena área da pele dias antes para verificar se seu amigo não vai desenvolver alergia. Não use o produto nas áreas próximas aos olhos, boca, focinho e mucosas.

    - Não exponha seu amigo ao sol por muito tempo. E lembre-se que ele também precisa descansar.

    - Por ter uma audição aguçada, a música alta pode ser incomoda, por isso se perceber que seu cão ou gato está apreensivo ou assustado, leve-o para um lugar mais calmo.

    Lembre-se que a maior alegria do seu pet é estar ao seu lado, mesmo que para isso tenha que se adaptar a certos hábitos.

    (Fernanda Fragata é veterinária formada pela Universidade de São Paulo, é diretora do Hospital Veterinário Sena Madureira, em São Paulo. Escreve no site de ÉPOCA sobre saúde e comportamento animal às segundas-feiras)

    Deixe um comentário →